CARREGANDO

Busque Aqui

Obras

Cobertura de estufa: tudo o que você precisa saber

Compartilhar
cobertura de estufa

Os produtores rurais sabem muito bem como é importante proteger seus cultivos e lavouras. Afinal, o espaço está sujeito a enfrentar inúmeros problemas diariamente, como a mudança climática e a presença de pragas nas plantações.

Diante disso, a necessidade de uma estufa agrícola é ainda maior. Com ela fica mais fácil evitar prejuízos por esses fatores e garantir processos acelerados de fotossíntese, de modo a aumentar a produtividade. 

Mas nada disso funciona se a cobertura de estufa não for adequada. Que tal descobrir um pouco mais sobre por que esse item é tão importante para sua fazenda? Continue a leitura deste artigo!

Do que a cobertura de estufa é feita?

O filme agrícola é o material mais comum para uma cobertura de estufa. Seus aditivos bloqueiam a radiação ultravioleta e controla a luminosidade do ambiente.

Além disso, quando ele também é aplicado para fechamento lateral, o desenvolvimento da cultura é ainda mais intenso. Este tipo de plástico ainda ajuda a economizar no uso de defensivos, para que você possa oferecer produtos mais saudáveis aos consumidores.

Por isso, ele é recomendado especialmente para o cultivo de orgânicos. Com uma cobertura correta e a utilização deste material, você ainda economiza água, agroquímicos e evita desperdícios.

Como escolher o filme certo para cada cobertura?

A escolha do plástico agrícola depende da cultura que está sendo cultivada na estufa. O agricultor ou empresário rural deve passar para a equipe de instalação todos os dados acerca de condições de germinação, crescimento e desenvolvimento da plantação.

Após a verificação, o técnico responsável consulta seu catálogo de venda e faz as propostas mais interessantes para aquele caso. Mas, de forma geral, o tipo de filme mais comum no Brasil é o difusor de luz. 

Sua vida útil dura aproximadamente 18 meses. Depois desse período, é muito importante realizar a troca, porque os aditivos se degradam e o material se torna um plástico comum. Sua espessura deve ter de 100 a 200 mícrons, enquanto a largura pode atingir 12 metros. 

Como a instalação é realizada?

A cobertura de estufa deve ser instalada por uma equipe especializada, para garantir que ela fique bem firme e cubra todo o espaço. O procedimento consiste em esticar e colocar o plástico no teto, e nas laterais da estrutura. 

Ele costuma ser grampeado na madeira com um aparelho especial que assegura que o plástico não se solte. Ainda é preciso desenrolar todo o plástico da maneira certa, para que não sobre nenhum espaço por onde a água da chuva possa entrar. 

Todo o cuidado é tomado para que a instalação seja correta, de acordo com a metragem da estufa e sem excessos. Assim, o plástico, apesar de bem esticado, não sai do lugar mesmo com ventos fortes.

A princípio, essas são as informações principais que você deve saber sobre a cobertura de estufa. Mas não deixe de procurar por um fornecedor confiável para que o planejamento de seu espaço corra bem e você tenha tranquilidade e segurança sobre a conservação de suas lavouras.

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre o assunto? Compartilhe este post em suas redes sociais para que os benefícios dessa cobertura e do filme agrícola cheguem a mais pessoas!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *