CARREGANDO

Busque Aqui

Soluções Agrícolas

Geomembrana: saiba quais são suas aplicações

Compartilhar
geomembrana

A geomembrana é um composto sintético de características especiais e que “simula” condições únicas. Com a escolha de um produto de qualidade e o uso adequado, é possível atender a diversas necessidades com bastante eficiência.

Também vale a pena conhecer quais são as alternativas quanto à utilização. Assim, fica mais fácil escolher a opção que funciona melhor e que garante máximo desempenho.

A seguir, veja quais são as principais aplicações da geomembrana e entenda como elas são usadas.

O uso para aterros sanitários evita a contaminação

O modelo texturizado recebe esse nome por aumentar o atrito existente entre a membrana e o substrato. Com isso, ajuda a manter a segurança em determinadas aplicações, como na criação de um aterro sanitário.

Com o uso do produto, é possível impedir a contaminação do solo e dos lençóis freáticos, o que serve para atender às obrigações legais. Também é essencial para garantir a facilidade de manutenção e para facilitar o manejo de rejeitos.

A geomembrana de PEAD permite elaborar reservatórios

Uma das aplicações mais famosas é a criação de reservatórios artificiais, em bases escavadas ou pontos específicos. Para manter a estanqueidade do líquido, a geomembrana de PEAD é a alternativa ideal.

Trata-se de uma versão altamente durável e com uma instalação que ocorre dentro de padrões muito rigorosos. Com isso, ajuda a elaborar barragens de rejeitos de mineração, lagos artificiais, reservatórios de água e até tanques de aquicultura.

Inclusive, essa é uma solução bastante procurada para garantir que a piscicultura e a carcinicultura tenham o melhor desempenho.

Também é bastante usada em etapas industriais de grande porte, como o reservatório de tratamento de resíduos industriais. Como evita a contaminação do ambiente, é uma alternativa considerada segura.

A utilização em projetos paisagísticos é bastante possível

A verdade é que a geomembrana também é aplicável a projetos paisagísticos. O modelo colorido é a versão preferencial nesse sentido, já que ela pode ser facilmente incorporada à paisagem natural, sem causar nenhum contraste.

Ela serve para evitar o acúmulo excessivo de calor, principalmente durante as obras de instalação.

Dependendo da intensidade de radiação solar, o tipo preto absorve muito calor, o que aumenta a temperatura em excesso. Com isso, o modelo colorido amplia o conforto térmico.

A geomembrana é adequada também para criar coberturas

Como visto, as diferenças de aplicação surgem diante dos tipos de geomembrana que são usados. Nesse sentido, a versão lida do tipo PEBDL serve, na verdade, para a cobertura. 

Enquanto outras modalidades são utilizadas “por baixo”, essa é ideal para atender a quadros muito específicos.

É possível, por exemplo, cobrir biodigestores e facilitar os processos orgânicos, inclusive com retenção de gases e subprodutos. 

Também serve para cobrir aterros ou como cobertura flutuante de lagoas, sejam elas artificiais ou naturais. Com isso, há ainda mais alternativas de uso — até mesmo de maneira combinada.

A geomembrana é um produto essencial para diversas aplicações, desde situações industriais até paisagísticas. Com a escolha de um produto altamente qualificado, é possível obter todos os resultados positivos.

Quer outras informações e ficar por dentro das novidades? Assine a nossa newsletter e não perca nenhuma novidade!

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *